quarta-feira, 11 de julho de 2012

parte 03/04

Coragem! Toda empresa acerta e erra; aprenda a gerenciar sucessos e fracassos


O feijão e a panela de pressãoNa internet existem centenas de receitas para conseguir um feijão saboroso, que o empreendedor pode ler como um plano de negócios. É possível cozinhar o feijão numa panela simples. Ou acelerar seu cozimento, com a mesma consistência e sabor final, numa panela de pressão.Se você está abrindo uma empresa hoje, tente optar sempre que possível pela analogia da panela de pressão. Porque para acumular pequenas vitórias todos os dias basta que você entregue o seu feijão bem cozido e temperado minutos antes da concorrência.Mas para criar um ambiente em que as pessoas se sintam comprometidas a entregar resultados de qualidade antes da concorrência você tem que se jogar com tudo na fervura e ser o primeiro a acionar a tampa da panela de pressão.Toda a sua cadeia produtiva, dentro e fora da empresa, o transformará, você queira ou não, nos seus “pacemakers”, que são aqueles corredores que ajudam na largada das maratonas para aumentar o rendimento dos demais atletas.Mas não se empolgue demais com a analogia da panela de pressão porque tensionar os ambientes empresariais exige sabedoria. Pois cada vez mais ficam para trás as palavras de ordem, os gritos histéricos e a pressão por metas. Que podem se transformar, com razão, em processos de assédio moral.Mas é possível ao se assumir como o “pacemaker” de seu empreendimento que você contagie os demais, em todos os escalões e em toda a rede produtiva, com sua entrega incondicional ao negócio.Seja para buscar maneiras de implementar novas ideias ou para interromper apostas que não se pagam mais e que precisam de alguém como você para deixar claro que é hora de mudar de rumo.



fonte: Marco Roza, jornalista e estrategista de novos negócios, in http://economia.uol.com.br/empreendedorismo/colunistas/2012/05/30/coragem-toda-empresa-acerta-e-erra-aprenda-a-gerenciar-sucessos-e-fracassos.jhtm