segunda-feira, 21 de março de 2011

CRENÇAS

O vocábulo crença nos remete quase sempre às questões religiosas ou de religiosidade. No âmbito do coaching, crenças são sentimentos de certeza sobre o significado de alguma coisa. Crenças são forças que nos impulsionam ao êxito ou ao fracasso dependendo de sua natureza, fortalecedoras no primeiro caso e limitadoras, no segundo.
Nosso comportamento é determinado por nossas crenças, são elas que fazem uma Madre Tereza e um Bandido da Luz Vermelha. A natureza da crença é que faz um operário nordestino acreditar que pode tornar-se presidente do Brasil. Crenças têm tanto o poder de criar como de destruir.

“A crença representa, em última instância,
comandos inquestionáveis à nossa mente.
Ela nos diz o que é possível ou impossível mudar. Ela determina o que podemos e o que não podemos fazer. Em suma, ela nos guia em todos os momentos cruciais da nossa vida. Ela, enfim, nos diz o que somos.”
Vuca Pinheiro
Na Mandala do Ser® — Descobrindo o Poder do Agora, Dr. Richard Moss nos fala sobre como as crenças limitadoras são construídas e como nos libertar delas. São as  histórias-de-passado, histórias-de-futuro, histórias-do-eu e histórias-de-você.


sexta-feira, 18 de março de 2011

O ritmo da vida

Podemos ficar dias sem alimentação e apenas alguns minutos sem respiração.
                      “Respirar conscientemente é ser
                       Nada mais se pode fazer
                                antes disso
                       nada mais haverá a fazer
                                      depois disto.”

Apesar de respirarmos desde nosso primeiro segundo de vida, podemos passar toda nossa existência sem saber respirar, ou nem mesmo estar conscientes dos benefícios advindos do simples usufruir da respiração. A maior parte do  tempo respiramos mal e de forma insuficiente. Isso é a causa de muitas das nossas doenças. Respirar corretamente melhora a elasticidade dos pulmões e mantém um bom equilíbrio entre oxigênio/dióxido de carbono no corpo físico. Em seu livro Poder sem limites Anthony Robbins nos ensina uma técnica  de respiração consciente,  que eu tomei a liberdade de imprimir uma modificação que, a meu ver,  pode nos trazer ao AGORA movimento  que o Dr. Richard Moss enfatiza em suas lições da Mandala do Ser®

Respiração consciente

A respiração consciente  assim chamada porque devemos estar a todo instante observando os efeitos que a técnica está desencadeando dentro de nós. Sem consciência não há concentração possível.
Inspire fundo pelo nariz e conte um; segure o ar e conte até 4, expire contando até 2, no mesmo ritmo de contagem.  Enquanto estiver segurando o ar imagine que vc está a partir de um ponto central de seu corpo, que pode ser o umbigo, enviando luz para as outras partes até que atinja as extremidades. Repita o ciclo ao menos dez vezes.
Robbins recomenda-se a realização da respiração consciente no mínimo três vezes ao dia, eu creio que Dr. Moss recomendaria no mínimo dez vezes ao dia.
Dependendo da sua capacidade você pode alterar o tempo de cada ciclo, porém a proporção deve ser mantida. O ciclo inspiração, manutenção e expiração deve obedecer a proporção 1:4:2. Exemplo se durante a inspiração sua contagem for até 2, na manutenção a contagem irá até 8 e na expiração, até 4.

quarta-feira, 16 de março de 2011

O AGORA

O minuto que você está vivendo AGORA
é o mais importante de sua vida,
onde quer que você  esteja
Preste atenção no que está fazendo
O ontem já lhe fugiu das mãos,
o amanhã ainda não chegou
Viva o momento presente,
porque dele depende todo o seu futuro
Procure aproveitar ao máximo
o momento que está vivendo,
tirando todas as vantagens que puder
para seu aperfeiçoamento.


Encontrei na minha agenda do ano passado esse texto, não sei de quem é e nem como eu tomei conhecimento dele, coincidentemente tem a ver com a lição que estamos estudando com o Dr. Richard Moss.  Então resolvi compartilhar com vcs porque acredito que as coincidências são a forma que Deus encontrou para manter-se anônimo.

domingo, 13 de março de 2011

A Mandala do Ser® - Descobrindo o poder do agora

"A Mandala do Ser® nos lembra que são inerentes ao ser humano as forças que nos desviam de quem realmente somos, da tranquilidade de quem podemos ser. A fórmula de Richard Moss para voltar ao presente é um processo que todos nós podemos adquirir".
Anthony Robbins
Amanhã,14 de março, tem inicio as primeiras turmas do curso on-line A Mandala do Ser® - Descobrindo o poder do agora do Dr. Richard Moss, traduzido e adaptado por mim.

A Mandala  do Ser é uma ferramenta muito poderosa, para uso pessoal e daqueles que se dedicam ao desenvolvimento de competências e construção de trajetórias de carreira.

Conheci a Mandala há alguns anos num curso de formação em coaching; quando fui utilizá-la percebi que me faltava embasamento e busquei na web maiores informações e encontrei um curso ministrado por seu autor. Inscrevi-me imediatamente e nas 5 semanas seguintes recebi as lições. Indiquei o curso para uma colega e ela me disse que não sabia inglês. Então pensei em pedir ao Dr. Moss autorização para traduzir e publicar o curso. E-mails foram e e-mails vieram até que, finalmente, recebi a autorização. Hoje estou muito feliz por poder contribuir para que um sem-número de pessoas possa ter acesso a esses conhecimentos que certamente vão revolucionar suas vidas quer no âmbito pessoal ou profissional.

quinta-feira, 10 de março de 2011

Boas-vindas

Olá
Neste primeiro post nada mais apropiado que lhes dar as boas-vindas ao blog do site Resiliente Coaching®.
Como já tive oportunidade de comentar em um foro mais restrito,  o site Resiliente Coaching foi a culminância de um 2010 extraordinário, quando conquistei muitas metas entre elas  o direito de publicação em português do curso do Dr. Richard Moss A Mandala do Ser® , e a modelagem da metodologia Resiliente Coaching®.
Atualidades RC é um espaço para a troca de informações de interesse de todos aqueles que de alguma forma estejam ligados às atividades de  desenvolvimento de competências e construção  de trajetórias de carreira (coach). Ao projetar esse espaço  a tônica foi revesti-lo de utilidade e de promoção de interatividade. Ao final quero expressar o desejo de que todos que aqui vierem, tenham uma estada bastante prolongada e uma feliz permanência
Yara Prates