quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Publicado em mais de 350 sites

"Adolescentes buscam coaching
para decidir sobre qual profissão seguir"  

A orientação profissional está ficando no passado. O que os adolescentes buscam hoje, na hora de decidir sobre qual profissão seguir, é um coaching.
“Para alguns, a escolha da carreira é uma carga enorme. Nesses casos, o coaching ajuda, pois faz o jovem refletir, descobrir suas características e potencialidades”, afirma o presidente da Slac (Sociedade Latino Americana de Coaching), Sulivan França.
Segundo ele, o coaching está sendo cada vez mais utilizado por adolescentes. O chamado "coaching de carreira" pode ajudar os indecisos recém-saídos da escola a escolher a profissão.
Porém, a orientação não faz a tarefa desses jovens, que é escolher efetivamente o que querem estudar. “A decisão cabe exclusivamente a ele. Através de diversas técnicas e questionamentos, o coaching faz a pessoa buscar as respostas dentro de si”, reflete França.
De acordo com ele, após o adolescente escolher a carreira, o coach passará a trabalhar com ele as próximas metas. “O estudante terá de elaborar um plano de estudos e até mesmo programar os períodos de lazer, tudo isso focando o sucesso no vestibular”, finaliza.

Seja um coach de carreira!!
O mercado está carente de profissionais

A formação em Coaching Educacional® com a metodologia Resiliente Coaching® prepara você para atender essa demanda e ampliar significativamente seus rendimentos!!
 

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Medos, temores e ansiedade

Alvaro Cabral e Eva Nick, no dicionário de psicologia definem

Medo como “estado geral de agitação inspirado pela presença real ou pressentida de um perigo concreto”, e

Ansiedade  como estado emocional desagradável e apreensivo, suscitado pela suspeita ou previsão de um perigo para a integridade da pessoa. No caso de perigos reais, dá-se a ansiedade realista. Quando os perigos são desconhecidos (sem acesso à consciência) estamos diante da ansiedade neurótica.

O conceito de temor fomos buscar em Michaellis: receio bem fundado de um mal que pode sobrevir no futuro.

O medo, então,  é a perturbação manifesta corporalmente, enquanto que o temor é o conhecimento de um mal, e a ansiedade é a perturbação emocional.

Experimentamos medos, temores e ansiedades durante toda nossa vida. Sentir, reconhecer e lidar com esses eventos ajudam-nos a fazer frente a situações ao largo de nossa existência.

quarta-feira, 20 de julho de 2011

Dia do amigo

20 de julho  DIA DO AMIGO

O que  essa data comemorativa tem a ver com o tema desse blog? O que aparentemente não há nenhuma conexão tem muito a ver. No coaching, para fazer com o o coachee se conecte com seus recursos internos  usamos as "perguntas poderosas". Todo coach tem uma centena delas engatilhadas para serem disparadas nos momentos oportunos. Uma pergunta que eu nunca deixo de usar é "Quem pode te ajudar?" Claro está que ao ser perguntado só nos lembramos dos amigos. Os que têm competências, conhecimento mas acima de tudo aqueles que tem disponibilidade para vir em nossa ajuda.

Para homenagear os nossos amigos transcrevo um texto que recebi hoje de uma amiga, que há mais de 30 anos ilumina minha vida.

Existem pessoas em nossas vidas que nos deixam felizes pelo simples fato de terem cruzado o nosso caminho.
Algumas percorrem ao nosso lado, vendo muitas luas passarem, mas outras vemos apenas entre um passo e outro.

A todas elas chamamos de amigo.
Há muitos tipos de amigos.
Talvez cada folha de uma árvore caracterize um deles.
O primeiro que nasce do broto é o amigo pai e o amigo mãe.
Mostram o que é ter vida.

Depois vem o amigo irmão, com quem dividimos o nosso espaço para que ele floresça como nós.
Passamos a conhecer toda a família de folhas, a qual respeitamos e desejamos o bem.

Mas o destino nos apresenta outros amigos, os quais não sabíamos que iam cruzar os nossos caminhos.
Muitos desses denominamos amigos do peito, do coração.
São sinceros, verdadeiros; sabem quando não estamos bem, sabem o que nos faz feliz...

As vezes, um desses amigos do peito estala o nosso coração e então é chamado de amigo namorado.
Este dá brilho aos nossos olhos, música aos nossos lábios, pulos aos nossos pés.

Mas também há aqueles amigos por um tempo, talvez umas férias ou mesmo um dia ou uma hora.
Estes costumam colocar muitos sorrisos na nossa face, durante o tempo que estamos por perto.

Falando em perto, não podemos esquecer dos amigos distantes.
Aqueles que ficam nas pontas dos galhos, mas que quando o vento sopra, sempre aparecem novamente entre uma folha e outra.

O tempo passa, o verão se vai, o outono se aproxima, e perdem algumas de nossas folhas.

Algumas nascem num outro verão e outras permanecem por muitas estações.
Mas o que nos deixa mais feliz é que as que caíram continuam por perto, continuam alimentando a nossa raiz com alegria.
Lembranças de momentos maravilhosos enquanto cruzavam o nosso caminho.

Desejo a todos vocês, folhas da minha árvore, Paz, Amor, Saúde, Sucesso, Prosperidade...

Hoje e Sempre...

Simplesmente porque: Cada pessoa que passa em nossa vida é única.
Sempre deixa um pouco de si e leva um pouco de nós.

Há os que levaram muito, mas não há os que não deixaram nada.
Esta é a maior responsabilidade de nossa vida E é a prova quase evidente de que duas almas não se encontram por acaso.

segunda-feira, 16 de maio de 2011

Quando iniciar um processo de coaching de equipes?

Para iniciar um processo de  coaching de equipes, nunca é muito cedo para começar. Esses programas são muito efetivos e proporcionam incremento substancial no desempenho da equipe tais como o fortalecimento da identidade do grupo, construindo confiança, abertura e partilha de conhecimento  entre os membros. Coaching de equipes também provê, de forma altamente efetiva, alinhamento dos objetivos individuais com os objetivos da empresa.
Pesquisas demonstram que os indivíduos têm mais potencial do que o efetivamente utilizado, independente de seu cargo ou posição social. Para garantir a qualidade de um programa de  coaching de equipe  ele deve ser estruturado de forma a atender as necessidades doa empresa e as dos membros da equipe elencadas durante o diagnóstico.
Yara Prates
Coach

sexta-feira, 15 de abril de 2011

Como eu sei que preciso de um coach?

Nós, os humanos, viemos ao mundo com a capacidade de nos adaptarmos aos contextos em que nos inserimos. Esses contextos são o da família nuclear (pai mãe, irmãos); o da família ampliada (avós, tios, primos), da comunidade (escolar, laboral, social) da sociedade (cultural, política, econômica).
Essa adaptação estende-se também aos aspectos afetivos-emocionais de nossa existência. Toda vez que alguma circunstância nos incomoda, entristece,  enraivece ou causa-nos ansiedade esse mecanismo entra em ação para que possamos encontrar nosso equilíbrio. Ao longo do nosso desenvolvimento esse mecanismo também se desenvolve gerando os recursos de enfrentamento, que são os esquemas de ação que ficam de prontidão para serem acionados quando do advento de alguma situação problemática.
No século XXI vivemos mudanças profundas geradas pela globalização da economia, maior fluxo de informações proporcionadas pelos avanços tecnológicos na área das comunicações, desenvolvimento de novas tecnologias organizacionais gerando uma verdadeira revolução no mundo do trabalho. Nesse mundo caótico a única coisa certa é a mudança, mudanças  essas que ocorrem em tal velocidade que mal acabamos de gerar um recurso de enfrentamento ele já se tornou obsoleto.
Em vista do exposto, submeter-nos a um processo de coaching nos parece fundamental para termos apoio, alguém que nos ancore na turbulência que se tornou o clima do cotidiano.
O coach vai trabalhar junto ao coachee de maneira atenciosa e calorosa no sentido de compreender e aceitar  os problemas apresentados, auxiliando-o a extrair potencialidades que ele ainda não havia lançado mão. O que implica em ajudá-lo a reconhecer suas crenças limitadoras substituindo-as por crenças fortalecedoras, levando-o a atuar de forma mais eficaz na conquista de suas metas. Para que o processo seja eficiente e eficaz tanto coach quanto coachee necessitam de alguns pré-requisitos.
Quanto ao coach, embora exerça uma profissão ainda não regulamentada oficialmente,  há agências internacionais que avaliam as credenciais do profissional e certificam a qualidade de seu preparo. Além  disso é bom examinar seu currículo, qual sua escolarização formal, cursos de formação específicos, certificações internacionais, participação em congressos, experiência etc.
Quanto ao coachee, tem que estar disposto a mudanças, sejam  elas de ordem generativas, formativas ou evolutivas. Precisa ter consciência de que o processo depende fundamentalmente de ele indicar ao coach para onde quer ir e de executar as ações necessárias que o levem do estado atual para o estado desejado.
Yara Prates
Coach

quinta-feira, 14 de abril de 2011

Inscreva-se já!

Mandala do Ser ®
Descobrindo o poder do Agora
Dr. Richard Moss

     

     Próximas turmas 25/04/2011


quinta-feira, 7 de abril de 2011

Ocupar-se ou preocupar-se?

Quem não tem uma preocupação? Talvez estejas pensando, eu tenho mais de uma. Porém, o que é isso de preocupar-se? Há algum problema?
Amiúde, as pessoas compartilham suas preocupações e eu como todos tenho as minhas. O problema não é ter preocupações,  isto parece algo muito natural, nos preocupa nosso futuro, em minha opinião o problema aparece quando nós ficamos enganchados nas preocupações  e vivemos nelas. Para mim este fenomeno deriva da relação entre nossa mente e o tempo, resulta que nossa mente não está muito habituada a viver no presente, se obervas teus pensamentos verás que dedicas uma grande parte deles a repassar o pasado e projetar o futuro. Para compreender o que é preocupar-se eu gosto de decompor a palavra: pre-ocupar-se Ocupar-se de algo antes que aconteça, antes que me caiba fazê-lo. Continuamente estamos fazendo hipoteses sobre o que faremos e o que não faremos se acontece ou não acontece alguma coisa. Dedicamos tempo e energia a ocupar-nos das coisas antes de que aconteçam, o problema é que boa parte desse tempo e essa energia são gastas em vão. O problema piora se a pessoa permanece na preocupação porque são nossas ações que determinam nossos resultados, é por isso que considero que  a solução é ocupar-se. Portanto, que posso fazer frente a preocupação? Pergunte-se que posso fazer para que aconteça o que eu quero? Esta pergunta conduz a ocupar-se no lugar de preocupar-se.
Texto original: Javi Ursua Bayona
Tradução: Yara Prates

segunda-feira, 21 de março de 2011

CRENÇAS

O vocábulo crença nos remete quase sempre às questões religiosas ou de religiosidade. No âmbito do coaching, crenças são sentimentos de certeza sobre o significado de alguma coisa. Crenças são forças que nos impulsionam ao êxito ou ao fracasso dependendo de sua natureza, fortalecedoras no primeiro caso e limitadoras, no segundo.
Nosso comportamento é determinado por nossas crenças, são elas que fazem uma Madre Tereza e um Bandido da Luz Vermelha. A natureza da crença é que faz um operário nordestino acreditar que pode tornar-se presidente do Brasil. Crenças têm tanto o poder de criar como de destruir.

“A crença representa, em última instância,
comandos inquestionáveis à nossa mente.
Ela nos diz o que é possível ou impossível mudar. Ela determina o que podemos e o que não podemos fazer. Em suma, ela nos guia em todos os momentos cruciais da nossa vida. Ela, enfim, nos diz o que somos.”
Vuca Pinheiro
Na Mandala do Ser® — Descobrindo o Poder do Agora, Dr. Richard Moss nos fala sobre como as crenças limitadoras são construídas e como nos libertar delas. São as  histórias-de-passado, histórias-de-futuro, histórias-do-eu e histórias-de-você.


sexta-feira, 18 de março de 2011

O ritmo da vida

Podemos ficar dias sem alimentação e apenas alguns minutos sem respiração.
                      “Respirar conscientemente é ser
                       Nada mais se pode fazer
                                antes disso
                       nada mais haverá a fazer
                                      depois disto.”

Apesar de respirarmos desde nosso primeiro segundo de vida, podemos passar toda nossa existência sem saber respirar, ou nem mesmo estar conscientes dos benefícios advindos do simples usufruir da respiração. A maior parte do  tempo respiramos mal e de forma insuficiente. Isso é a causa de muitas das nossas doenças. Respirar corretamente melhora a elasticidade dos pulmões e mantém um bom equilíbrio entre oxigênio/dióxido de carbono no corpo físico. Em seu livro Poder sem limites Anthony Robbins nos ensina uma técnica  de respiração consciente,  que eu tomei a liberdade de imprimir uma modificação que, a meu ver,  pode nos trazer ao AGORA movimento  que o Dr. Richard Moss enfatiza em suas lições da Mandala do Ser®

Respiração consciente

A respiração consciente  assim chamada porque devemos estar a todo instante observando os efeitos que a técnica está desencadeando dentro de nós. Sem consciência não há concentração possível.
Inspire fundo pelo nariz e conte um; segure o ar e conte até 4, expire contando até 2, no mesmo ritmo de contagem.  Enquanto estiver segurando o ar imagine que vc está a partir de um ponto central de seu corpo, que pode ser o umbigo, enviando luz para as outras partes até que atinja as extremidades. Repita o ciclo ao menos dez vezes.
Robbins recomenda-se a realização da respiração consciente no mínimo três vezes ao dia, eu creio que Dr. Moss recomendaria no mínimo dez vezes ao dia.
Dependendo da sua capacidade você pode alterar o tempo de cada ciclo, porém a proporção deve ser mantida. O ciclo inspiração, manutenção e expiração deve obedecer a proporção 1:4:2. Exemplo se durante a inspiração sua contagem for até 2, na manutenção a contagem irá até 8 e na expiração, até 4.

quarta-feira, 16 de março de 2011

O AGORA

O minuto que você está vivendo AGORA
é o mais importante de sua vida,
onde quer que você  esteja
Preste atenção no que está fazendo
O ontem já lhe fugiu das mãos,
o amanhã ainda não chegou
Viva o momento presente,
porque dele depende todo o seu futuro
Procure aproveitar ao máximo
o momento que está vivendo,
tirando todas as vantagens que puder
para seu aperfeiçoamento.


Encontrei na minha agenda do ano passado esse texto, não sei de quem é e nem como eu tomei conhecimento dele, coincidentemente tem a ver com a lição que estamos estudando com o Dr. Richard Moss.  Então resolvi compartilhar com vcs porque acredito que as coincidências são a forma que Deus encontrou para manter-se anônimo.

domingo, 13 de março de 2011

A Mandala do Ser® - Descobrindo o poder do agora

"A Mandala do Ser® nos lembra que são inerentes ao ser humano as forças que nos desviam de quem realmente somos, da tranquilidade de quem podemos ser. A fórmula de Richard Moss para voltar ao presente é um processo que todos nós podemos adquirir".
Anthony Robbins
Amanhã,14 de março, tem inicio as primeiras turmas do curso on-line A Mandala do Ser® - Descobrindo o poder do agora do Dr. Richard Moss, traduzido e adaptado por mim.

A Mandala  do Ser é uma ferramenta muito poderosa, para uso pessoal e daqueles que se dedicam ao desenvolvimento de competências e construção de trajetórias de carreira.

Conheci a Mandala há alguns anos num curso de formação em coaching; quando fui utilizá-la percebi que me faltava embasamento e busquei na web maiores informações e encontrei um curso ministrado por seu autor. Inscrevi-me imediatamente e nas 5 semanas seguintes recebi as lições. Indiquei o curso para uma colega e ela me disse que não sabia inglês. Então pensei em pedir ao Dr. Moss autorização para traduzir e publicar o curso. E-mails foram e e-mails vieram até que, finalmente, recebi a autorização. Hoje estou muito feliz por poder contribuir para que um sem-número de pessoas possa ter acesso a esses conhecimentos que certamente vão revolucionar suas vidas quer no âmbito pessoal ou profissional.

quinta-feira, 10 de março de 2011

Boas-vindas

Olá
Neste primeiro post nada mais apropiado que lhes dar as boas-vindas ao blog do site Resiliente Coaching®.
Como já tive oportunidade de comentar em um foro mais restrito,  o site Resiliente Coaching foi a culminância de um 2010 extraordinário, quando conquistei muitas metas entre elas  o direito de publicação em português do curso do Dr. Richard Moss A Mandala do Ser® , e a modelagem da metodologia Resiliente Coaching®.
Atualidades RC é um espaço para a troca de informações de interesse de todos aqueles que de alguma forma estejam ligados às atividades de  desenvolvimento de competências e construção  de trajetórias de carreira (coach). Ao projetar esse espaço  a tônica foi revesti-lo de utilidade e de promoção de interatividade. Ao final quero expressar o desejo de que todos que aqui vierem, tenham uma estada bastante prolongada e uma feliz permanência
Yara Prates